Recibo de férias: Como fazer?

O recibo de férias é parte essencial dos termos envolvidos ao Direito do trabalho, representando uma importante conquista nesse sentido. Abaixo, entenda melhor sobre o termo e perceba as informações inerentes a ele:

O que é Recibo de férias?
O recibo de férias é a formalização do valor a ser recebido durante esse período previamente estabelecido de afastamento do trabalhador da sua função empregatícia, sendo uma forma de demonstrar legalmente o desfrute do período.

Isso também é válido para os valores, já que há porcentagens agregadas ao salário durante o período de férias que devem estar devidamente descritas no recibo, inclusive para que o empregador entenda as implicações do valor que recebe.

O que deve conter o Recibo de férias?

Antes de tudo, é preciso pensar na inclusão de dados específicos tanto do empregado quanto da empresa empregadora, como nomeação e inclusão de CPF e CNPJ, respectivamente. Posteriormente, devem estar contitos cálculos como o do período aquisitivo e de gozo.

Com o devido esclarecimento de valores que interferem no valor final a ser recebido, deve ser inclusa no presente recibo a assinatura do funcionário, dando a validade necessária ao documento do ponto de vista legal.

Modelo pronto:

Eu, _______________________, incrito no CPF de nº_______________________, funcionário da empresa ___________________________, localizada pelo CNPJ ___________________________, alego o recebimento do valor de R$_______ (__________________________________) em detrimento do pagamento de férias a serem desfrutadas entre __/__/____ e __/__/____.

VENCIMENTOS:
DESCONTOS:

Valor líquido:

Assim, certifico o pagamento conforme descrito acima, estando em concordância com o mesmo.

(Cidade), (data).

_____________________________
Assinatura

Cartas Comerciais

Você pode gostar...